Domingo, 29 de Maio de 2022
83 9 9690-1026
Polícia Paraiba

Adolescente de 13 anos desaparecida é encontrada morta em matagal e padrasto é preso como principal suspeito do crime, na Paraíba

O corpo da vítima foi encontrado boiando em uma cova alagada aberta na área de mata.

12/04/2022 21h15
Por: Danilo Almeida Fonte: Notícia Paraíba
Adolescente de 13 anos desaparecida é encontrada morta em matagal e padrasto é preso como principal suspeito do crime, na Paraíba

Adolescente de 12 anos que estava desaparecida há seis dias foi encontrado morta e o padrasto da jovem é o principal suspeito do crime, na tarde desta terça-feira (12), em João Pessoa

A garota estava desaparecida desde a manhã da última quinta-feira (7) e, conforme apurou o Notícia Paraíba, teve o corpo encontrado boiando em uma cacimba, localizada em um terreno nas proximidades do prédio onde morava com o padrasto e mãe, no Bairro Praia do Sol.

Segundo o delegado civil Rodolfo Santa Cruz, o padrasto confessou que matou a enteada e revelou a localização do corpo para os policias, após ser apontado como suspeito e ter sido realizado exames perícias em seu carro.

O corpo da vítima será encaminhado para Instituto de Polícia Cientifica (IPC), para que também possa ser analisado se houve violência sexual contra a garota.

A avó da adolescente relatou emocionada que sempre suspeitou do atual companheiro da filha, identificado como Francisco, e inclusive já havia flagrado acompanhada de seu marido o padrasto espiando Júlia pela janela do banheiro, enquanto a adolescente tomava banho.

A revelação da morte de Júlia deixou também a mãe da menina em estado de choque, pois até então, a mulher alegava que sua mãe estava enganada sobre a participação do seu companheiro no sumiço da filha.

O pai biológico da vítima relatou que há cerca de dois meses a filha vinha demostrando desamino, diferente de como costumava ser no cotidiano.

O delegado ainda confirmou que o perfil da Jovem Lorrane não foi constatado como falso e de que a suspeita da participação da jovem no caso já havia sino descartada desde o o início das investigações.

Inclusive, Lorrane até entrou em contato com familiares de Júlia para que eles se retratassem com a impressa sobre o vinculo da sua imagem com a suspeita de sequestro e golpe, porém essa informação ainda foi reforçada por alguns até a manhã desta terça-feira.

Os resultado dos exames perícias ainda estão sendo apurados e o padrasto encontra-se detido na Central de Policia Civil da capital, onde está a disposição da Justiça.

Ele1 - Criar site de notícias